Informações Clínicas para o Público

Prevenção e tratamento de disfunções pelviperineais

A Fisioterapia, sendo um tratamento conservador, está indicada como a primeira opção terapêutica na área de urogineproctologia, aplicada em muitos casos como a incontinência urinária (reeducação vesico-esfincteriana), prolapsos urogenitais, recuperação pós-parto, dor pélvica crónica, disfunções sexuais, incontinência anal, obstipação crónica, enurese, entre muitos outros.

Para mais informação sobre casos clínicos abrangidos, clique Aqui
Estes tratamentos são eficazes, com bons resultados e o mínimo risco para os pacientes. No entanto, é importante diferenciar cada caso já que os tratamentos são diferentes.

Para mais informação sobre técnicas de tratamento, clique Aqui